A PROPOSTA DA FOTOGRAFIA E DO ATO FOTOGRÁFICO É DE REGISTRAR MOMENTOS E GUARDÁ-LOS PARA SEMPRE

O conceito da marca transmite a preciosidade deste momento e o cuidado com o qual deve ser guardado. As formas geométricas são formas perfeitas e que podem ser encontradas na natureza e no universo. A esfera geométrica, que contém em seu interior o universo, faz um paralelo com as inspirações humanas nos momentos de lembranças e representa o pequeno “universo de possibilidades” que habita dentro de cada um de nós.

EU NÃO GOSTO DE FALAR QUE SOU UMA FOTÓGRAFA DE CASAMENTOS. EU SOU UMA FOTÓGRAFA.

Poderia ser uma fotógrafa de rua, documentarista, retratista. Mas não gosto de rótulos, eu fotografo o que me inspira e o que me deixa feliz. Não consigo fotografar algo que não me toque profundamente e não me interesse de alguma maneira. Nos meus trabalhos pessoais, sempre busco a ligação com a saudade, com algo que daqui 5, 10 anos não vai mais existir, algo como um registro histórico. E é isso que me inspira dentro de um casamento também, deixar esse momento guardado para a posteridade, para quem ainda não existe, para quem não viveu esse dia.

POR ESSAS E OUTRAS QUE VOCÊS NÃO VÃO ENCONTRAR POR AQUI OS CLICHÉS BREGAS DE FOTOGRAFIA DE CASAMENTO.

Eu detesto fotos genéricas, com balões de coração, com objetos que todo mundo usa, em lugares que todo mundo vai. Acredito que quem chega até aqui é porque se interessa por fotografia, gosta de um trabalho diferente e gosta de ser autêntico. Então vamos pensar fora do quadrado e sair da casinha. Fotografia de casamento não precisa ser chata, nem normal, nem entediante. É por isso que eu não sou fotógrafa de casamentos.